sexta-feira, 12 de março de 2010

exatas ou humanas?


ela:
meu corpo vai amolecendo aos poucos
num sinal de fraqueza interna e externa

eu:
e saber que posso te trazer de volta,
mesmo que nao queira
ela:
quando me trouxer, me traz vinho?
eu:
qdo lhe trazer a taça, me olha nos olhos?
ela:
só se seus olhos vierem juntos.
eu:
eles te mostrarão quem és.

ela:
Eu, que não faço sentido algum...
eu:
fará meus sentidos acontecerem.
Preciso sentir coisas que só ouço falar
ela:
tudo é relatividade quanto a mente.
eu:
por isso quero a pele o gosto, o cheiro,
ela:
coisas necessárias, causadoras de sorrisos,
eu:
coisas necessárias, causadoras de arrepios,

ela:
essa lista é interminável,
eu:
se resume em dois multiplos em um,
ela:
não sou boa em exatas,
mas entendo...

eu:
nao é exatas moça,
é humanas, bem humanas.


3 comentários:

  1. Você sabe usar bem as palavras com uma pitada de erotismo. Adoro esse recurso!

    Saudades.

    ResponderExcluir
  2. As palavras se encaixam de tal maneira , que lê-las simplesmente não é concebível... temos que analisá-las , para assim compreendê-las. Amei o tom que foi utilizado. E digo a você, continue escrevendo , porque essa é uma das suas vocações. Te adoro e mega saudades.

    ResponderExcluir